sempre fui skinny, magrérrima, e depois engordei... resolvi fazer uma dieta a sério e já lá vão dois anos desde que fiquei outra vez o meu verdadeiro eu... aqui vou partilhar com vocês as minhas dicas... tu consegues!
.Calculadora de Calorias
.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2015
Receitas com sementes de Chia

suco-de-chia-divulgacao-jasmine.jpg

imagem de www.bolsademulher.com

Refresco de Chia

Ingredientes

  • 500ml de água 
  • 3 colheres de sopa de sementes de chia
  • sumo de 1 limão q.b.
  • açúcar ou adoçante

 

Preparação

Misture as sementes na água e deixe repousar uns minutos. Adicione o sumo de limão e o açúcar ou adoçante a seu gosto e leve a refrescar ou adicione um pouco de gelo.

 

pão chia.jpg

imagem de www.vidadobem.com

Pãezinhos integrais com chia

Ingredientes

  • 3 chávenas de farinha de trigo integral
  • 1 chávena de farelo de trigo ou aveia
  • 5 colheres de sopa de sementes de chia
  • 2 chávenas de água 
  • 4 colheres de sopa de leite 
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • ½ colher de chá de sal

 

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes, sem amassar muito. Molde pequenos pãezinhos e coloque em forma untada e enfarinhada. Leve ao forno a 180º durante cerca de 25 minutos.

 

sementes de chia bolo.jpg

 imagem de www.delicias1001.com.br

Bolo de semente de chia, aveia e nozes

 Ingredientes

 

Massa

  • 2 colheres (de sopa) de semente de chia
  • 1 ¼ chávena de água a ferver
  • 1 chávena aveia em flocos
  • 2 ovos
  • 60g de manteiga
  • 1 chávena de açúcar branco
  • 1 chávena de açúcar mascavo
  • 1 chávena de farinha de trigo
  • ½ chávena de farinha integral
  • 1 pitada de sal
  • ½ chávena de nozes ou castanhas moídas
  • 1 colher (de sopa) de fermento em pó
  • 1 colher (de chá) de baunilha
  • 1 pitada de canela

  

Preparação

 

Massa

  • Ferva a água e deite-a  sobre a aveia e a semente de chia.
  • Acrescente a manteiga, misture e deixe descansar 20 minutos.
  • Adicione o açúcar branco, o mascavo e os ovos.
  • Junte a farinha de trigo, o sal, o fermento, a baunilha, a canela e, por último, as nozes.
  • Misture bem, despeje em uma forma untada e leve ao forno, a 180º, por 45 minutos.

 

 

publicado por suzi às 13:06
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2015
Emagrecer com sementes de chia

Semente-Chia-Emagrecer-.jpg

 

 

A chia é o nome popular da Salvia Hispanica, uma planta herbácea  da família das lamiáceas, de origem das regiões da Guatemala, do México e da Colombia. A planta é mais conhecida por sua semente,  que é vendida integralmente, moída ou em forma de óleo. A palavra chia deriva da palavra do nahuatl chian, que significa “oleoso”.

A semente de chia é uma semente com propriedades nutritivas especiais e foi muito consumida por civilizações antigas (como a Asteca no México), principalmente por quem precisava de força e resistência física. Ela é uma semente pequena de forma oval (cerca de 2 mm de comprimento) e de cores variadas (acastanhadas, cinzentas, pretas e brancas).

Foi descoberta há centena de anos, cuja composição nutricional e respectivos benefícios para a saúde, já são desde aquela época conhecidos. A semente da chia é considerada um alimento funcional dadas suas características compositivas (entre os principais componentes estão as fibras, cálcio, magnésio, potássio, proteína e ômega-3).

Seu efeito mucilaginoso (o de absorver e reter  água) devido à alta concentração de fibras, torna a chia interessante para quem busca emagrecer, posto que pode intensificar a sensação de saciedade.

 

Vitaminas, minerais e propriedades

Os principais componentes da semente de Chia são:

  • Ômega 3: A semente da chia é uma das mais ricas fontes conhecidas, tanto animal quanto vegetal. Possui teor muito maior do que o encontrado na linhaça e no salmão.
  • Cálcio: cinco vezes a concentração do mineral encontrada no leite de vaca. Foi recentemente descoberto, que ele também ajuda a queimar gordura no organismo.
  • Magnésio: possui duas vezes mais do que em castanhas e nozes .
  • Manganês e fósforo: três vezes mais do que no espinafre.
  • Proteínas:  É uma fonte de proteína completa, que fornece todos os aminoácidos essenciais que o homem precisa.
  • Fibras: a alta concentração de fibras alimentares faz da chia um aliado do emagrecimento e na boa digestão. São também extremamente ricas em vitaminas e minerais, sendo uma das fontes vegetais mais ricas que se tem conhecimento até hoje.
  • Antioxidantes: a presença do flavonoide kaempferol e, em menor quantidade, os ácidos cafeico e clorogênico presentes provêm à chia três vezes mais antioxidantes que as famosas uvas-do-monte.

Análise nutricional (100g):

  • Energia: 2471 KJ / 595 Kcal;
  • Proteínas: 16g;
  • Carboidratos: 44g;
  • Lípidos: 31g.

A semente de chia, quando utilizada de maneira integral, pode ter diversos usos na cozinha. Ela é capaz de agir quase como emulsificante, torna líquidos mais próximos de um gel e dá “liga” a massas.

A chia tem o poder de absorver 12 vezes o próprio peso em água. Receitas que podem incluir a semente de chia são pudins, pães, tortas, quiches, mousses, cremes, patês, risotos, farofa, saladas de frutas, sucos e vitaminas. 

Atualmente a chia é cultivada para fins comerciais principalmente no México, Bolívia, Colômbia, Peru e Argentina.

perder peso.jpg

 

1 – Quais as principais razões para se consumir sementes de chia?

As sementes de chia são muito nutritivas. A chia tem mais ômega 3 do que qualquer outra fonte natural, possuem enormes quantidades de antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras e muitas outras vitaminas e minerais. É um dos alimentos funcionais conhecido mais saudáveis e completos.

Proporcionam muita energia. As sementes de chia são calóricas e fornecem resistência e durabilidade. As fibras presentes na semente de chia são do tipo solúveis, que “incham” o estômago, causando sensação de saciedade e retardando a sensação de fome. Equilibram o açúcar no sangue, garantindo energia ao longo do dia. Uma única colher poderia sustentar guerreiros astecas por várias horas.

Reduzem a ansiedade. Como as sementes de chia absorvem tanta água (cerca de 12x seu próprio volume) e têm fibras altamente solúveis, eles ajudam na digestão de carboidratos e, consequentemente, na liberação de energia lentamente na corrente sanguínea.

As sementes de chia são digeríveis. Ao contrário de semente de linhaça, sementes de chia não precisam ser moída antes de serem ingeridas. O corpo humano pode facilmente digerir sementes chia.

São convenientes e versáteis. Você pode comer sementes de chia pura, misturá-las com a sua bebida favorita, adicioná-las ao seu cereal ou salada ou incrementa-las em diversas receitas. Sementes de chia têm longa validade e se pode estocá-las por anos.

 

2 – Como a semente de chia ajuda a emagrecer?

A semente de chia age em três frentes distintas que auxiliam no emagrecimento:

Causa saciedade. Suas sementes são mucilaginosas, ou seja, ricas em fibras. Ao entrarem em contato com a água, formam um “gel” no estômago. Diante dessa reação, a digestão torna-se mais lenta. Assim, o indivíduo fica satisfeito mais rapidamente e durante um período mais longo e, então, passa a consumir porções menores de alimentos.

Combate inflamação. A gordura acumulada é resultado de um processo inflamatório do organismo, que deixa de enviar mensagens de saciedade ao cérebro. Com isso, perde-se o controle sobre a fome a ponto de comer e nunca se sentir satisfeito. O ômega-3 presente no grão combate essa inflamação, ajudando o corpo a recuperar o controle sobre o apetite.

Desintoxica. A fibra regula o trânsito intestinal e limpa o organismo por meio das fezes. Essas fibras ainda retêm parte da gordura presente nos alimentos. E isso acaba saindo nas fezes em maior quantidade do que o habitual.

 

3 – De forma geral e resumida, quais os benefícios da semente de chia?

Reduz o colesterol e triglicérides; controla a glicemia; ajuda na formação óssea; prevenção do envelhecimento precoce; melhoria na imunidade do organismo; auxílio no funcionamento intestinal; elimina as gorduras e toxinas do corpo; fornecimento de energia; fortalecimento muscular; previne diabetes e doenças cardiovasculares; controla a pressão sanguínea.

 

4 – Há alguma contra-indicação ?

Qualquer pessoa pode ingerir a semente. Porém, devido ao alto teor calórico, o excesso pode levar ao ganho de peso. Cada colher de sopa cheia possui aproximadamente 75 calorias. Há também pessoas com a chamada “síndrome do intestino irritável”, devendo ficar atentas com o consumo de sementes em geral.

 

5 – Quantidade diária de consumo de sementes de chia ?

Não existe uma regra, mas nutricionistas calculam que entre duas a quatro colheres de sopa cheias de sementes diárias são suficientes e já trazem enormes benefícios à saúde.

 

No próximo post trarei receitas para confecionar as sementes de chia.

publicado por suzi às 12:55
link do post | comentar | favorito
.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.subscrever feeds